• Siga o Meia-Hora nas redes!

Custos para registrar venda do carro podem chegar a R$ 400

Não registrar a negociação no Detran pode causar transtornos como aqueles sofridos pelo motorista Diego Ferreira, de 33 anos. "Após ver o anúncio de um veículo, procurei o proprietário e fiz a avaliação do automóvel com meu mecânico, mas fui desatento na hora de avaliar os papéis. Quando decidi vendê-lo, descobri que o documento era uma segunda via e não continha as atualizações de transferência", conta Diego.

Segundo ele, a primeira dona da Fiat Elba ano 1988 havia vendido o automóvel para uma loja, mas o estabelecimento não tinha formalizado o processo de transferência de carro.

Valor total

Os custos para a emissão de todos os documentos necessários para a transferência do veículo podem chegar a R$ 400 no caso de carros financiados, segundo Ruy Machado, diretor da Dive. Quando a compra é feita em lojas e concessionárias, a transação é mais fácil. "Diferente das negociações em revendedoras e entre particulares, carros vendidos na concessionária já saem com taxas pagas. Até agendamos a transferência no Detran. O cliente só precisa comparecer ao órgão", diz.

Comentários

Mais notícias