• Siga o Meia-Hora nas redes!

Fantasia vira realidade

Evento Sexy Fair, que começa amanhã, abre setor que movimenta R$ 1 bi por ano

Por RENAN SCHUINDT

Feira erótica terá seis dias de atrações no Rio
Feira erótica terá seis dias de atrações no Rio - Arte: Luiza Erthal

A fantasia do mercado erótico brasileiro já virou realidade. O setor ganha destaque no cenário mundial não só por apimentar a relação dos casais. O volume de vendas aqueceu de vez o clima no mundo dos negócios. Por ano, o lucro chega a R$ 1 bilhão em um universo que se abre a partir de amanhã, na Sexy Fair, no Centro de Convenções Sul América, na Cidade Nova.

Uma das novidades é o chá de cueca, versão masculina do chá de lingerie. Aliás, os homens têm se interessado cada vez mais pelos produtos que prometem esquentar a relação. Hoje, eles representam 20% da clientela. "Houve uma mudança no comportamento dos consumidores masculinos. Antes, eles buscavam pornografia. Agora, querem satisfazer suas parceiras", diz Paula Aguiar, escritora e expert em mercado erótico.

O alto número de consultoras que atendem esse público e o novo perfil das lojas, que ganharam status de boutique, ajudam a popularizar esse universo. Hoje, são mais de 80 mil especialistas no assunto. É o caso de Andréia Barbosa. Para ela, a feira serve para atualizar produtos e conhecer fornecedores. "Estamos saindo do período de férias escolares. Nessa época, o movimento volta a crescer porque os casais buscam novidades para compensar o tempo fora de atividade", diz a consultora da Boutique Erótica.

Roberto Costa está entre os homens que mudaram a visão em relação ao consumo dos produtos sensuais. "Esse novo conceito foi o que me atraiu. A qualidade dos produtos e a discrição do serviço foram fundamentais para mergulhar neste universo", afirma.

Sem pornografia

Além de produtos, o público vai conhecer novas técnicas e serviços para estimular o prazer. Na programação, performances de strippers e tequileiros. Haverá, ainda, palestras e debates. O objetivo é levar entretenimento e informação sem pornografia. Serão seis dias de um evento que deve reunir mais de 50 mil pessoas.

Galeria de Fotos

Roberto Costa (na foto) costuma comprar produtos eróticos e irá na feira Divulgação
Feira erótica terá seis dias de atrações no Rio Arte: Luiza Erthal

Comentários

Mais notícias