• Siga o Meia-Hora nas redes!

Ninja volta renovada

A nova moto da Kawasaki chega para competir com modelos da Yamaha e da Honda

Por Lucas Cardoso

A Ninja 400 tem farol duplo em Full-LEDs e para-brisa ajustável
A Ninja 400 tem farol duplo em Full-LEDs e para-brisa ajustável - Divulgação

A Kawasaki acaba de lançar a Ninja 400. Apresentada ao público brasileiro no Salão Duas Rodas de 2017, a moto chega para substituir a antiga Ninja 300, em duas versões, com preços a partir de R$ 23.990. O modelo estará nas concessionárias da marca em setembro.

Totalmente renovada, a nova geração do moto de entrada da marca pretende fazer frente a modelos como a Yamaha YZF-R3. Para isso, a Kawasaki desenvolveu motor mais potente e chassi. Agora, a Ninja dispõe de um dois cilindros de 399 cc, com refrigeração líquida capaz de gerar 48 cavalos de potência e 2,8 quilos de torque máximo. O motor está associado a um câmbio de seis marchas com embreagem deslizante e assistida. Segundo o fabricante, o sistema eletrônico recebeu mudanças que deixaram o acionamento 20% mais leve.

Inovação estrutural

Na nova linha, o chassi também mudou. Com estrutura de treliça, o item parece ter sido inspirado na esportiva H2. Graças à tecnologia investida, o novo modelo adotado garantiu à moto uma redução de 4kg no seu peso final, passando de 168 kg para 164kg (seco). O entre-eixos também está menor em relação à linha anterior (1.370 mm). As mudanças prometem garantir mais agilidade à moto e redução do consumo de combustível.

Outra mudança no modelo está na ciclística. A posição das mãos foi elevada e a pedaleira está levemente à frente. De acordo com a Kawasaki, os ajustes foram feitos para ampliar o conforto do piloto durante a condução.

Galeria de Fotos

A Ninja 400 tem farol duplo em Full-LEDs e para-brisa ajustável Divulgação
Kawasaki Ninja 400 Divulgação
Kawasaki Ninja 400 Divulgação
A nova Ninja 400 mantém padrão em preto e verde fotos Divulgação

Comentários

Mais notícias