Mais Lidas

Fogão aposta em retrospecto positivo no Niltão para passar pelo Bahia na Sul-Americna

Glorioso venceu 13 dos 19 jogos válidos por torneios internacionais no estádio

 Central multimídia MyLink é item decisivo para o sucesso do modelo
Central multimídia MyLink é item decisivo para o sucesso do modelo -

Casa do Botafogo desde a temporada de 2007, o Estádio Nilton Santos terá um papel de fundamental importância para a decisão desta quarta-feira, contra o Bahia, às 21h45, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Em seu território, em partidas válidas por competições internacionais 'Sula' e Libertadores da América , o Glorioso entrou em campo 19 vezes e saiu vitorioso em 13 delas. Na mesma Sul-Americana deste ano, o Fogão inverteu um placar desfavorável no Rio, quando fez 2 a 0 no Audax Italiano após ter perdido o jogo de ida, no Chile, por 2 a 1.

Houve ainda quatro empates e só duas derrotas: Barcelona de Guayaquil, do Equador, pela fase de grupos da Liberta de 2017 (2 a 0), e Cerro Porteño, do Paraguai, compromisso de volta das quartas de final da Sul-Americana de 2009 (3 a 1).

Ou seja, o Niltão é o amuleto alvinegro para o time do técnico Zé Ricardo inverter a vantagem conquistada pelos baianos no jogo de ida, em Salvador, onde venceram por 2 a 1. Dessa maneira, o Botafogo se classificará com um triunfo simples de 1 a 0. Caso a equipe devolva o 2 a 1, a decisão da vaga será nos pênaltis. O vencedor provavelmente irá enfrentar o Atlético Paranaense, que recebe hoje o Caracas, da Venezuela, após ganhar por 2 a 0 no jogo de ida.

Até o final do dia de ontem, mais de 27 mil ingressos tinham sido vendidos antecipadamente. A expectativa é que o Nilton Santos receba um público acima dos 30 mil, revivendo, assim, o clima que embalou o clube durante a fase de grupos até as quartas de final da Libertadores, quando o time parou no campeão Grêmio.

Gatito e Jean são vetados

Ainda não será dessa vez que o goleiro Gatito Fernández, fora do time desde a segunda rodada do Brasileirão (1 a 1 com o Sport, na Ilha do Retiro) por causa de uma lesão no punho direito, retornará à meta do Botafogo. O paraguaio treina sem restrições, mas a comissão técnica entendeu que seria correr riscos demais colocar o goleiro em uma partida de extrema importância. Outro desfalque de peso é o volante Jean, que lesionou a coxa direita no empate com o São Paulo (2 a 2), no domingo passado, no Rio.

Comentários

PUBLICIDADE RETANGULO MÉDIO
    PUBLICIDADE BILLBOARD