• Siga o Meia-Hora nas redes!

ACADÊMICOS DO ZÉ RICARDO

Coletiva do técnico Zé Ricardo no Vasco - 13-02-2018 - Sala de Imprensa de São Januário
Coletiva do técnico Zé Ricardo no Vasco - 13-02-2018 - Sala de Imprensa de São Januário - Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Em plena Quarta-feira de Cinzas, confetes nas cabeças, purpurina nas bochechas, o Vasco vai a campo para um duro compromisso pela Copa Libertadores. Duro porque o Jorge Wilstermann, da Bolívia, está numa prateleira acima do chileno Universidad de Concepción, adversário anterior. O Vasco está em progresso, mas é preciso cuidado por se tratar de uma equipe renovada e que carece de ajustes. Com a bola, tornou-se mais veloz ao trocar a experiência de Nenê pela juventude de Evander. No ataque, Riascos e Rildo são boas opções, enquanto Zé Ricardo (foto) aguarda por melhores dias de Andrés Ríos. Os problemas têm sido a recomposição defensiva, que carece de ajustes, e o combate às bolas altas na área. Vale lembrar que Erazo, bom no quesito, estará fora cumprindo suspensão. Feito esse alerta, desejo sorte ao Vasco e que consiga o resultado que precisa para jogar com alguma folga a segunda partida na altitude de 2.800 metros na cidade de Sucre.

Comentários

Mais notícias