• Siga o Meia-Hora nas redes!

Ilha do Urubu é dúvida

Toró derruba torres no estádio e estreia na Liberta pode passar para Volta Redonda

Uma das duas torres de iluminação da Ilha do Urubu que caíram por causa do temporal no Rio
Uma das duas torres de iluminação da Ilha do Urubu que caíram por causa do temporal no Rio - Reprodução/Twiiter

O Flamengo encara o dia de hoje como decisivo para saber o local da partida contra o River Plate, dia 28, pela primeira rodada do Grupo 4 da Libertadores. O jogo diante do time argentino, um dos dois com portões fechados que o Rubro-Negro mandará no torneio devido à confusão na final da Copa Sul-Americana do ano passado, está inicialmente marcado para a Ilha do Urubu, mas a queda de duas torres de luz do estádio no temporal da madrugada de ontem colocou um ponto de interrogação no assunto.

O clube realizou uma avaliação técnica no estádio, ontem, para saber se conseguirá recuperar o estrago a tempo. O resultado sairá hoje. O Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, é a opção caso a Ilha não tenha condições de receber a partida.

A opção pelo estádio da Cidade do Aço é a mais cabível porque é a que mais se adapta ao regulamento da Libertadores. A Conmebol determina que, no torneio, o clube só pode mandar um jogo num local que fique, no máximo, a 150 quilômetros de um aeroporto internacional a distância entre o Raulino de Oliveira e o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, é de cerca de 125 km.

Shows no Maracanã

No Rio, o Maracanã receberá shows das bandas americanas Foo Fighters e Queens of the Stone Age três dias antes da estreia do Fla na Liberta e não teria tempo hábil para receber jogos. Já o Engenhão depende do aval do Botafogo, que não cedeu sua casa para a final da Taça Guanabara sob o mando do Boavista , devido ao gesto do 'chororô' feito pelo atacante rubro-negro Vinicius Junior ao selar a vitória de 3 a 1 sobre Alvinegro na semifinal.

Comentários

Mais notícias