• Siga o Meia-Hora nas redes!

Recomeço para Carli no Fogão

Xerife tenta recuperar vaga no time com Valentim

Carli sobre a saída de Felipe Conceição: 'Nós nos sentimos responsáveis'
Carli sobre a saída de Felipe Conceição: 'Nós nos sentimos responsáveis' - Vítor Silva/SSPress/Botafogo

De capitão do time na ausência do goleiro Jefferson, em 2017, com Jair Ventura, a barrado por Felipe Conceição este ano, Joel Carli tem uma nova chance de voltar a ter prestígio no Botafogo com a chegada do novo técnico, Alberto Valentim. O zagueiro argentino, porém, evita criar expectativas sobre o trabalho do treinador, que foi apresentado há dois dias e vai estrear à frente da equipe contra o Nova Iguaçu, quinta-feira, às 19h30, em Edson Passos (Mesquita), pela Taça Rio.

"Ainda é muito recente, mas o Alberto passou um pouco da ideia que quer. Tem muita vontade de trabalhar. Vamos esperar um pouco mais. Teremos uma semana completa para trabalhar e pegar essa ideia dele", afirmou Carli.

O zagueiro teve o início de temporada atrapalhado por dores na panturrilha direita que o tiraram de combate no intervalo da estreia no Carioca empate em 2 a 2 com a Portuguesa, dia 16 de janeiro. Ele só voltou a jogar em 6 de fevereiro, contra a Aparecidense, em Goiás, quando Felipe Conceição inovou e escalou o time com três zagueiros, o que não impediu a derrota por 2 a 1 e a eliminação alvinegra ainda na primeira fase da Copa do Brasil.

Na semifinal da Taça Guanabara, no último sábado, Carli foi barrado por Felipe, que optou pela dupla Marcelo e Igor Rabello. A derrota por 3 a 1 para o Flamengo levou à demissão do técnico.

"Nós nos sentimos responsáveis pela saída de Felipe. Infelizmente no futebol as consequências caem no treinador. Sei das minhas responsabilidades e fico triste. Era um cara que queria o melhor para o Botafogo, já trabalhava conosco. Agora é mudar o chip e seguir", disse o argentino.

Comentários

Mais notícias