• Siga o Meia-Hora nas redes!

Solta o grito, Fluzão!

Tricolor chega à quarta vitória seguida e passa fácil para a terceira fase da Copa do Brasil

Gilberto comemora o primeiro dos seus dois gols. Marcos Júnior, Robinho e Sornoza completaram o placar
Gilberto comemora o primeiro dos seus dois gols. Marcos Júnior, Robinho e Sornoza completaram o placar - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C..

O Engenhão virou Passarela do Samba para o Fluzão fazer o seu Carnaval, ontem, em cima do Salgueiro. O desfile nota 10 do Tricolor terminou com o apoteótico placar de 5 a 0 e a classificação fácil para a terceira fase da Copa do Brasil. O mestre de bateria foi o meia Sornoza, que ditou o ritmo durante os 90 minutos, deu três assistências e fez um gol. Gilberto, que balançou as redes duas vezes, foi outro destaque. Após chegar à quarta vitória seguida, o Time de Guerreiros agora se prepara para a estreia na Taça Rio, quarta-feira, contra o Bangu.

"Graças a Deus fiz um grande jogo, isso dá confiança para a equipe. Conseguimos um grande resultado", comemorou Sornoza.

O Salgueiro nem conseguiu colocar seu bloco na rua porque o Fluminense dominou o jogo desde o início. Logo aos 6 minutos, Sornoza deu lançamento para Gilberto abrir o placar. Aos 19, saiu o segundo gol: o meia equatoriano deu um belo passe para Marcos Júnior, que invadiu a área e bateu para defesa de Mondragon, no rebote, o próprio atacante mandou para o fundo da rede.

Com 2 a 0, o Flu cadenciou o ritmo, e o Salgueiro chegou duas vezes com Escuro e Willian Anicete, mas eles pararam em Júlio César. No intervalo, Marcos Júnior sentiu dores musculares e foi substituído por Robinho. E logo no seu primeiro lance, o atacante tocou para Jadson, que tentou encobrir Mondragon, mas o goleiro conseguiu defender.

Não demorou para o terceiro gol tricolor sair. Aos 9 minutos do segundo tempo, Robinho cruzou para a área, Pedro tentou o domínio de peito e a bola sobrou para Gilberto, que bateu de canhota e ampliou. O Flu fez o quarto logo aos 21: Sornoza recebeu na grande área e rolou para Robinho bater com categoria.

Faltava o gol do equatoriano, o dono do jogo. E saiu aos 42, quando Sornoza tabelou com Pedro, entrou sozinho na área e tocou na saída de Mondragon. O próximo adversário do Fluminense na Copa do Brasil sai do confronto entre Avaí e Juventude, na quinta-feira.

Comentários

Mais notícias