• Siga o Meia-Hora nas redes!

Marlon Freitas dedicou gol ao falecido pai

O jogo teve um motivo mais do que especial para Marlon Freitas. O meia de 22 anos, que perdeu recentemente o pai, dedicou o gol e a vitória para ele: "Fico feliz de ter ajudado a equipe com um gol. Mas o mais importante foi a vitória. Dedico para o meu pai, perdi ele tem três meses. É difícil, mas sei que ele tá olhando por mim nesse momento."

Já o atacante Anderson Lessa, do Bangu, ficou na bronca com o juiz Daniel de Sousa Macedo, por não ter marcado pênalti de Gum sobre Nilson, quando o jogo ainda estava 0 a 0. "A gente estava bem arrumado, o jogo estava para ambos os lados. Tivemos um pênalti que ele não deu e depois expulsou o nosso jogador (Michel). Foi 4 a 0 não pro Fluminense, e sim para o juiz", disparou o atacante.

Comentários

Mais notícias