• Siga o Meia-Hora nas redes!

Médico francês nega atrito entre PSG e Lasmar

Quando desembarcou no Brasil, na quinta-feira passada, vindo no mesmo voo que Neymar, Rodrigo Lasmar disse que o tempo de recuperação do craque giraria em torno de dois e três meses. De acordo com o jornal francês L'Equipe, a diretoria do PSG ficou irritada com o médico por achar que houve exagero nesta previsão.

Estava prevista uma entrevista coletiva de Lasmar após a cirurgia, para detalhar o procedimento e a recuperação do jogador. Mas, na verdade, o que aconteceu foi um pronunciamento do médico à imprensa, sem nenhum repórter poder fazer perguntas. Suspeita-se que a mudança tenha sido para evitar mais atritos com o PSG.

Gérard Saillant, também em pronunciamento, negou qualquer atrito do clube com Lasmar ou com a CBF. "Tudo que foi escrito, dito, desde o segundo seguinte da lesão até agora... As decisões foram tomadas em total concordância com Neymar, claro, sua família, PSG, direção e presidência, assim como os representantes da Seleção. Não houve divergência como foi falado. Estamos aqui pelos interesses do PSG, os interesses da Seleção e, acima de tudo, o interesse de Neymar, que concorda totalmente com esse comunicado."

Comentários

Mais notícias