• Siga o Meia-Hora nas redes!

Airton: 'Eu estou 110%'

Sem jogar desde junho, volante é relacionado para enfrentar a Cabofriense

O volante Airton se colocou à disposição para atuar até na zaga: 'Já joguei nessa função no Flamengo'
O volante Airton se colocou à disposição para atuar até na zaga: 'Já joguei nessa função no Flamengo' - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Ao que tudo indica, o tempo de espera para Airton está chegando ao fim. Fora dos gramados há nove meses, o volante foi relacionado para a partida de amanhã, contra a Cabofriense, em Bacaxá. O técnico Abel Braga havia dito após a eliminação na Copa do Brasil, quinta-feira, quando o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o Avaí, que iria fazer alguns testes na equipe neste fim de semana, já que a vaga na semifinal da Taça Rio está praticamente garantida.

A estreia de Airton pelo Fluminense terá um gosto para lá de especial para o volante, que fraturou o tornozelo, em junho de 2017, quando atuava pelo Botafogo.

"É como se fosse uma final poder voltar depois de nove meses e fazer o que eu mais gosto. Hoje não estou 100%, eu estou 110%, doido para vestir a camisa do Fluminense e poder estrear", afirmou.

Contratado pelo Fluminense no início do ano, o jogador de 28 anos acabou tendo que esperar tempo demais para jogar. Havia um desequilíbrio na musculatura das pernas detectado pelo departamento de fisiologia. Liberado para treinar desde fevereiro, o retorno foi adiado para evitar lesões. "Tenho até que agradecer e exaltar o trabalho da fisiologia e da fisioterapia. Eles me ajudaram muito, porque acabou sendo constatado que eu estava com um pouco de diferença de força e isso poderia causar alguma lesão", revelou o volante.

Airton não garantiu que será titular, mas revelou que Abel o elogiou. Além disso, o volante se colocou à disposição do treinador para atuar na zaga. "Já joguei nessa função no Flamengo. Estou aqui para poder ajudar. Onde o professor Abel achar que eu possa jogar, estarei disponível para colaborar", disse o camisa 5 tricolor.

Decisão para Cabofriense

O goleiro George acredita numa boa exibição e na vitória da Cabofriense sobre o Fluminense - Léo Borges/Ascom Cabofriense

A Cabofriense chega à última rodada com chances reais de ir à semifinal da Taça Rio, pois está a um ponto do líder Vasco e só perde a segunda colocação do Grupo B para o Flamengo por causa do saldo de gols (3 a 2). Já na classificação geral, se derrotar o Fluminense, o time da Região dos Lagos disputará a Série D do Brasileiro em 2019 caso o Boavista não vença o Volta Redonda ou a Portuguesa perca para o Flamengo. Diante do Flu, dono do segundo melhor ataque do Carioca, com 16 gols (12 deles na Taça Rio), o goleiro George (foto) diz que a Cabofriense pode surpreender.

"O ataque deles tem produzido muito, mas, se formos competitivos e produzirmos como temos feito, podemos ganhar deles. Merecemos encerrar o trabalho conquistando algo grande pro clube e para nós também", afirmou o goleiro.

BID publica rescisão de Scarpa com o Palmeiras

Um dia após a liminar que garantia a rescisão contratual de Gustavo Scarpa ser derrubada, o Boletim Informativo Diário (BID) da CBF publicou ontem a rescisão do contrato do meia com o Palmeiras, acabando com a esperança do técnico Roger Machado de relacioná-lo hoje, às 19h, contra o Novorizontino, pelo Paulistão. Afinal, voltou a valer o vínculo com o Fluminense, que vai até 2020. Mas o Tricolor, por sua vez, espera apenas receber uma compensação financeira pela saída do meia para o Verdão. Os advogados de Scarpa ainda acreditam em uma reviravolta no caso, com vitória judicial contra o clube carioca. O meia curtiu no Instagram um post sobre a eliminação tricolor na Copa do Brasil e foi criticado pela torcida tricolor. Já internautas palmeirenses, principalmente, enalteceram a atitude do atleta.

Comentários

Mais notícias