• Siga o Meia-Hora nas redes!

Árbitro de vídeo na Copa

Fifa aprova o uso do VAR na Rússia

A Fifa confirmou ontem que o árbitro de Vídeo (VAR, na sigla em inglês para "video assistant referee") será usado na Copa do Mundo da Rússia, de 14 de junho a 15 de julho. O recurso já havia sido aprovado pela International Board como regra do futebol, no início do mês, mas para ser utilizado no torneio dependia do aval do Conselho da Fifa.

"Vamos ter a primeira Copa do Mundo com o árbitro de vídeo. Estamos muito contentes com essa decisão. É uma decisão muito importante, histórica", afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino, em entrevista coletiva concedida logo após a reunião do conselho.

A Fifa começou a testar o VAR em setembro de 2016, com partidas na sede da entidade. Em dezembro do mesmo ano, o mecanismo foi testado no Mundial de Clubes. Em 2017, o teste final foi na Copa das Confederações, que aconteceu na Rússia, sede da Copa do Mundo.

"A Fifa, quando tomou essa decisão, foi unânime, o conselho já havia tomado essa decisão. Não tomamos essa decisão acordando hoje pela manhã. Estamos realmente estudando isso, eu acho que eu talvez tenha sido o mais cético de tudo. Sem testar, não saberíamos como ia funcionar. Fizemos experimentos", disse Infantino.

O uso do árbitro de vídeo é restrito para quatro situações do jogo: lances de gols, marcação de pênaltis, cartões vermelhos e confusão na identidade dos jogadores.

Comentários

Mais notícias