• Siga o Meia-Hora nas redes!

Sem motivo para sorrir

Promessa não cumprida gera comemoração fria de Riascos

Riascos se antecipa a Marcelo Benevenuto e marca o segundo gol do Vasco
Riascos se antecipa a Marcelo Benevenuto e marca o segundo gol do Vasco - FOTOS Daniel Castelo Branco

A eliminação do Vasco na semifinal da Taça Rio expôs mais do que as falhas da defesa na derrota de 3 a 2 para o Botafogo. A promessa de pagamento não cumprida antes do clássico motivou Riascos a não comemorar o gol no Engenhão.

A demora do clube para receber a primeira das três parcelas de R$ 4 milhões, referente à transferência do meia Philippe Coutinho do Liverpool-ING para o Barcelona-ESP, gerou o mal-estar, pois a promessa de quitar parte dos atrasados ao grupo não se confirmou pela segunda vez.

Após o jogo, o técnico Zé Ricardo afirmou que o problema de Riascos deve ser pessoal e o vice de futebol Fred Lopes assegurou que o colombiano nunca havia dado sinal de insatisfação. "Nos pegou de surpresa. Não houve sinalização anterior de insatisfação. Vamos conversar na sexta-feira (hoje)", avisou o dirigente.

Oficialmente, o Vasco não condiciona a revolta de Riascos às dívidas salariais. A grave situação financeira é o maior desafio da gestão do presidente Alexandre Campello, que, às vésperas da eleição, viu o zagueiro Anderson Martins e o meia Nenê negociarem a rescisão pelo mesmo motivo.

"A questão financeira incomoda, claro. Todo trabalhador merece receber. Mas esse grupo tem essa característica de se entregar e vai continuar assim. Nossos problemas serão resolvidos internamente. Certamente não influenciou no clássico", avaliou o treinador.

Para a semifinal do Carioca, Zé Ricardo tentará corrigir o posicionamento da defesa nos cruzamentos para a área. Ao todo, 14 dos 23 gols sofridos em 2018 foram desta forma: quatro do Jorge Wilstermann-BOL, três do Botafogo, dois do Nova Iguaçu, dois do Boavista, um do Bangu e um da Cabofriense, um da Portuguesa.

Henrique: duas semanas fora

Desfalque de última hora na derrota de quarta-feira, o lateral-esquerdo Henrique segue em tratamento intensivo para se recuperar do estiramento muscular grau 1 na parte posterior da coxa esquerda. De acordo com o médico Celso Monteiro, a previsão de retorno aos gramados é de duas semanas. Desta forma, Fabrício será novamente o substituto na semifinal do Carioca, quarta ou quinta-feira que vem. Já o goleiro Martín Silva, que está com a seleção uruguaia, tem retorno garantido. Quem tem chances de ser relacionado é Giovanni Augusto. Recuperado da lesão na coxa, o meia participou de um treino com o sub-17 na terça-feira. "Dois tempos de 30 minutos e se saiu bem. Assim que estiver em um nível razoável de condicionamento, contamos com ele", disse Zé Ricardo.

Galeria de Fotos

Riascos se antecipa a Marcelo Benevenuto e marca o segundo gol do Vasco FOTOS Daniel Castelo Branco
Após cabecear para marcar o segundo gol do Vasco, Riascos não comemora diante do sorridente Fabricio FOTOS Daniel Castelo Branco

Comentários

Mais notícias