• Siga o Meia-Hora nas redes!

O Pedro vai te pegar!

Sucessor de Fred e Henrique Dourado, atacante lembra lições dos goleadores

Blindado pelo técnico Abel Braga, Pedro teve respaldo para assumir a mais difícil função no esquema
Blindado pelo técnico Abel Braga, Pedro teve respaldo para assumir a mais difícil função no esquema - MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

O coro que embalou a vitoriosa passagem de Fred pelo Fluminense foi herdado pelo pupilo: 'O Pedro vai te pegar'. A decisiva atuação na conquista da Taça Rio, com direito a gol e assistência na vitória de 3 a 0 sobre o Botafogo, rendeu a homenagem ao camisa 32, que assumiu, sem medo, o desafio de substituir Henrique Dourado, artilheiro do Brasileiro de 2017, com 18 gols. E é balançando as redes adversárias que Pedro renova a esperança tricolor, deixando a desconfiança cada vez mais para trás.

"A responsabilidade de vestir a camisa do Fluminense é gigante. E substituir os dois últimos artilheiros só aumenta o peso de ser o centroavante titular. Mas eu sempre me preparei para isso. Graças a Deus as coisas têm dado certo e espero que continuem assim até o fim do ano", disse Pedro.

A realização do sonho de infância é o combustível do atacante, de 20 anos. Ambicioso, Pedro não se abateu com o período de críticas. Blindado pelo técnico Abel Braga, teve respaldo para assumir a mais difícil função no esquema tricolor, segundo o próprio Abel. Com muito foco e disciplina, Pedro trabalhou duro, colocando em prática os ensinamentos do ídolo Fred e os conselhos do amigo, mas, hoje, adversário Henrique Dourado, do Flamengo.

"O torcedor é soberano e se acostumou com grandes centroavantes na história do clube. Por isso, eu repito: me preparei muito para esse momento e não quero deixar passar a oportunidade. Estou pronto para ser titular. Entendo o torcedor e quero trabalhar para dar alegria a ele ao Fluminense", destacou Pedro.

Comentários

Mais notícias