• Siga o Meia-Hora nas redes!

Nação abraça o Mengão em treino no Maracanã

Torcida rubro-negra lota o estádio na véspera do duelo com o Independiente Santa Fé, da Colômbia, pela Libertadores. Com os portões fechados, jogo vai começar às 21h45

Dona Ivone Lara morreu de insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada desde sexta-feira
Dona Ivone Lara morreu de insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada desde sexta-feira - Silvana Marques / Divulgação

O Flamengo e sua torcida reviveram os grandes momentos do Maracanã da antiga geral. Ingressos trocados por um quilo de alimento permitiram o acesso de quem vem tendo dificuldades financeiras de ir aos jogos. De acordo com a diretoria, 45.977 pessoas compareceram, muitas há tempos sem entrar no estádio, e tiveram a oportunidade de assistir e apoiar o time na véspera do duelo com o Independiente Santa Fé. Como o jogo contra o time colombiano, válido pela terceira rodada do Grupo 4 da Libertadores, hoje, às 21h45, será com portões fechados no Maior do Mundo, resta aos jogadores guardar na memória a imagem da festa. O clube vai cumprir esta noite o segundo dos dois jogos da punição imposta pela Conmebol devido aos atos de vandalismo da torcida na final da Sul-Americana do ano passado.

"É mentalizar o momento em que entramos e vimos aquele espetáculo. É difícil jogar sem torcida e nos resta imaginar que vai ter 60 mil pessoas torcendo pela gente. Eles fizeram linda festa e vamos levá-la para o jogo", disse o atacante Vinicius Junior, que será titular.

Empolgada, a torcida transformou uma terça-feira em domingo. Os rubro-negros encheram trens, metrô e o entorno do Maracanã, que teve a desordem habitual de um dia de grande jogo: ambulantes e cambistas agindo livremente, vendendo ingressos entre R$ 10 e R$ 20. Dentro do estádio, a festa aconteceu após a entrada dos jogadores, com o goleiro Julio Cesar sendo o mais ovacionado. Mas também houve espaço para protesto, principalmente o pedido por preços mais em conta nas partidas em uma faixa e no grito: "Baixa o ingresso". E ainda teve cobrança de mais raça.

Apesar disso, a tônica foi de apoio ao time, com muitos cânticos durante o treino, que durou menos de uma hora. No Grupo 4, o líder Fla soma 4 pontos empatou em 2 a 2 com o River Plate-ARG no Engenhão e venceu o Emelec por 2 a 1 no Equador. River e Santa Fé têm 2 pontos, enquanto o lanterna Emelec soma 1.

Galeria de Fotos

Fãs, amigos e parentes velam o corpo de Dona Ivone Lara na quadra do Império Serrano, escola onde ela fez história na ala dos compositores Marcio Mercante
Que torcida é essa? Diante de 45.977 presentes no Maracanã, os jogadores do Flamengo participam do último treinamento antes de encarar os colombianos do Santa Fé, pela Libertadores Alexandre Brum / Agencia O Dia
O equatoriano Erazo desembarca na Argentina confiante na vitória Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Dona Ivone Lara morreu de insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada desde sexta-feira Silvana Marques / Divulgação
Soldados do Exército em patrulha: resultados ainda deixam a desejar Daniel Castelo Branco

Comentários

Mais notícias