• Siga o Meia-Hora nas redes!

Pedro bem lapidado

Atacante fez nove gols e deu seis assistências na temporada

Pedro prefere não revelar quantos gols planeja fazer em 2018: 'Tenho uma meta, mas guardo para mim'
Pedro prefere não revelar quantos gols planeja fazer em 2018: 'Tenho uma meta, mas guardo para mim' - MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Artilheiro do Fluminense em 2018, com nove gols, Pedro celebra a boa fase. Visto com desconfiança quando assumiu o posto herdado de Henrique Dourado, que foi para o Flamengo no dia 1º de fevereiro, o centroavante de apenas 20 anos firmou-se como homem de referência na área do adversário e ostenta o número 9 que, além do Ceifador, teve Fred, hoje no Cruzeiro, como dono em um passado recente.

"Trabalhei forte para ser titular do Fluminense. Sei da minha responsabilidade. Ser o camisa 9 do clube tem um peso muito grande. Sempre esperei por esse momento de ser titular e vestir esse número. Estou em meu terceiro ano como profissional, tendo sequência e espero dar muitas alegrias para a torcida", afirmou o garoto, ontem, em entrevista coletiva no CT da Barra da Tijuca.

A sorte também anda junto com Pedro. Na vitória sobre o Cruzeiro (1 a 0), domingo passado, no Maracanã, a bola bateu no seu queixo antes de entrar no gol, após cobrança de falta do meia Sornoza e de um leve desvio na cabeça do zagueiro Gum.

Essa sorte Pedro faz por merecer também servindo a seus companheiros. Além dos nove gols, o garoto deu seis assistências na temporada, o que lhe garante a participação em 15 dos 34 gols que o Fluminense marcou no ano até então, ou seja, 42,85%. "Penso sempre em dar o meu melhor. Quando o coletivo vai bem, o individual sobressai", afirmou o centroavante.

Sobre quantos gols planeja fazer em 2018, Pedro preferiu fazer mistério: "Eu tenho uma meta de gols, mas guardo para mim. Penso primeiro no coletivo, em conquistar títulos e os gols vão saindo naturalmente."

Pontos de venda de ingressos

O Fluminense abre hoje, às 10h, a venda física de ingressos para a partida contra o São Paulo, domingo, no Maraca. Os preços para quem não é sócio-torcedor são de R$ 50 (meia a R$ 25) para os setores Sul e Leste Inferior e R$ 150 para os camarotes. Os postos de venda são: sede das Laranjeiras (Rua Álvaro Chaves 41), loja oficial do Shopping Nova Iguaçu (Av. Abílio Augusto Távora 1.111), Loja Fanáticos de Araruama (Av. Brasil 10, Loja 112), Canto do Rio (Av. Visconde do Rio Branco 701, Niterói), Loja Torcedor Carioca do RioShopping (Est. do Gabinal 313, Freguesia, Jacarepaguá) e Bilheteria 2 do Maracanã. Esta funcionará também no domingo, até o fim do primeiro tempo do jogo. As gratuidades deverão ser retiradas até sábado, na sede do Fluminense ou no Maracanã.

Comentários

Mais notícias