• Siga o Meia-Hora nas redes!

FLAMENGO SE OMITIU

Não discuto o direito do Flamengo de se abster nos movimentos políticos das entidades. Só acho que aquele que se omite não deve protestar, porque sua voz não terá eco. Foi assim na eleição de Rogério Caboclo na CBF e na reeleição de Rubens Lopes na Federação do Rio. Por sua força, o Fla deveria ser protagonista, defender ideias e liderar movimentos. Fugir do embate é o pior dos caminhos.

Comentários

Mais notícias