• Siga o Meia-Hora nas redes!

Pé de Anjo abençoa o Clássico dos Milhões

Campeão por Flamengo e Vasco, o ex-craque Marcelinho Carioca fala do carinho pelos dois clubes que se enfrentarão hoje, às 19 horas, no Maracanã, pelo Brasileiro

Em situações opostas, Flamengo e Vasco medirão forças hoje, às 19h, no Maracanã, pelo Brasileirão. E o Clássico dos Milhões está bem vivo na memória de Marcelinho Carioca, já que foi 13 vezes personagem deste duelo dez pelo Rubro-Negro e três pelo Gigante da Colina. Aos 46 anos, o ex-craque guarda com carinho os momentos vividos nos dois clubes. Faturou a Copa do Brasil (1990), o Carioca (1991) e o Brasileiro (1992) pelo Fla, e o Carioca (2003) pelo Vasco.

"Sou grato ao Flamengo porque me ascendeu para o futebol. Cuidou do jovem, do menino pobre que saiu do bairro de Sulacap, do cidadão. Quando eu voltei ao Rio, tive o carinho do torcedor vascaíno. O clube me deu toda estrutura também, inclusive, para eu ser cotado na Seleção Brasileira", disse o ex-meia-atacante.

Essa história começou em 30 de novembro de 1988, quando substituiu Zico durante o Fla-Flu em que o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, gol de Bebeto. O Galinho sentira uma lesão. O melhor foi estar sob os olhos do pai, Adilson, que à época era gari e estava na arquibancada do Maracanã. "Esse é a minha paixão, inspiração pra toda a vida", escreveu Marcelinho em uma foto com ele no Facebook.

Pelo Flamengo, Marcelinho obteve cinco vitórias, três derrotas e dois empates diante do Vasco. Ainda fez três gols. Pelo Gigante da Colina, perdeu duas vezes, empatou uma, e não fez gol no Fla. Dos gols que fez, dois foram de falta. Especialista na função, o que o levou a ser chamado de Pé de Anjo, Marcelinho não vê, nos dois times, alguém gabaritado para ela.

"Diego andou fazendo alguns gols. No Vasco, Pikachu andou arriscando, mas os dois times não têm esse cara específico. Pode até sair um gol assim, mas é difícil. Eu, particularmente, espero que saia para relembrar os bons cobradores de falta do passado", disse ele.

Até ontem, foram vendidos antecipadamente 27.500 ingressos para o jogão de logo mais.

Comentários

Mais notícias