• Siga o Meia-Hora nas redes!

A caminho das oitavas

A badalada Bélgica encara hoje a esforçada Tunísia de olho na classificação

Após vencer por 3 a 0 o Panamá, em sua estreia na Copa do Mundo da Rússia, a Bélgica tentará hoje, às 9h (de Brasília), diante da Tunísia, dar mais um passo rumo às oitavas de final da competição. Para corresponder à expectativa criada em torno da badalada geração, o técnico Roberto Martínez quer a equipe evoluindo ainda mais antes dos confrontos de mata-mata.

"A Copa do Mundo não respeita gerações, nomes individuais. A Copa do Mundo só respeita times vencedores. Estamos evoluindo bem. E agora temos que mostrar que estamos prontos para hoje. Só pensamos em como podemos nos tornar um time mais forte. Queremos crescer nos próximos dois jogos", declarou o treinador, confiante.

Na liderança do Grupo G, com três pontos superando a Inglaterra no saldo de gols (3 a 1) , os belgas praticamente se garantem na fase seguinte caso vençam o jogo de hoje. A classificação só não se confirmará caso o Panamá desbanque o favoritismo dos ingleses amanhã, às 9h (de Brasília).

Apesar da empolgação pelo desempenho da equipe, Martínez não espera ter vida fácil contra a Tunísia, que perdeu por 2 a 1, mas deu trabalho à Inglaterra no jogo de estreia.

"Eles evoluíram. Não se classificaram muito bem no seu continente, mas jogaram bem contra Portugal, contra a Espanha, e contra a Inglaterra aqui na Copa. É um time que obriga a ficar concentrado o tempo todo", avisou o comandante.

A Bélgica, porém, segue com problemas na defesa. O time ainda não poderá contar com o experiente zagueiro Kompany, lesionado, enquanto a Tunísia perdeu definitivamente o goleiro Hassen, que sofreu uma luxação no ombro esquerdo na última partida e dará lugar ao reserva Mustapha.

Comentários

Mais notícias