• Siga o Meia-Hora nas redes!

Na despedida, vitória saudita

Egito levou virada nos acréscimos

Em um duelo de eliminados na Copa do Mundo da Rússia, a seleção da Arábia Saudita derrotou a do Egito por 2 a 1, de virada, ontem, em Volgogrado, na despedida do Mundial. Salah abriu o placar para os egípcios, enquanto Salman Al-Faraj, de pênalti, deixou tudo igual e Salem Al-Dawsari garantiu a vitória dos sauditas nos acréscimos. Foi o fim de um longo jejum em Copas: a Arábia Saudita não conquistava três pontos no torneio desde 1994.

Salah deixou sua marca mais uma vez na Rússia ao balançar a rede aos 21 minutos. O astro do Liverpool tocou por cobertura para encobrir o goleiro Al-Mosailem, aos 21 minutos.

Já no fim do primeiro tempo, aos 41, após cruzamento na área, a bola bateu na mão de Fathi. Na cobrança de Fahad Al-Muwallad, Essam El Hadary fez a defesa. O goleiro do Egito se tornou o jogador mais velho a disputar uma Copa do Mundo, aos 45 anos e 161 dias.

Aos 45 minutos, foi marcado outro pênalti a favor da Arábia Saudita, de Ali Gabr em Fahad Al-Muwallad. Desta vez, Salman Al-Faraj converteu e deixou o jogo empatado.

O gol da vitória saudita, marcado por Salem Al-Dawsari, veio nos acréscimos da etapa final, aos 49, em chute cruzado.

Comentários

Mais notícias