• Siga o Meia-Hora nas redes!

Primeiro 0 a 0 da Copa

Seleções de Dinamarca e França atingem seus objetivos, mas saem vaiadas

As vaias no final deram o tom do que foi o primeiro 0 a 0 da Copa do Mundo da Rússia, ontem, em Moscou, no jogo entre Dinamarca e França. Já se sabia, afinal, que o empate seria bom para as duas equipes, pois a França encerrou a primeira fase como líder do Grupo C, com sete pontos, e a Dinamarca ficou com a outra vaga nas oitavas de final da chave, o que conseguiria mesmo com derrota, pois a Austrália, concorrente, perdeu do Peru por 2 a 0. Pelas oitavas, a França enfrentará a Argentina no sábado em Kazan, e a Dinamarca pegará a Croácia no domingo, em Nizhni Novgorod.

"Nós precisávamos de apenas um ponto e jogávamos contra um dos melhores times do mundo em contra-ataques. Então, seríamos estúpidos se abríssemos espaços para a França. Nos posicionamos defensivamente para segurar o 0 a 0 que precisávamos, e conseguimos. Estamos felizes com isso", justificou o técnico da Dinamarca, o norueguês Age Hareide.

Já o meia francês Pogba saiu de campo irritado com as vaias. "Conseguimos nosso objetivo, que era nos classificar em primeiro. Não sei se faria diferença com 5 a 0 ou 10 a 0. Precisamos de todo mundo. O torcedor é o 12º jogador. Precisamos dele. Precisamos de torcedor, não de espectador", completou Pobga.

Comentários

Mais notícias