• Siga o Meia-Hora nas redes!

A hora das escolhas

RS - FUTEBOL/TREINO GREMIO  - ESPORTES - Jogadores do Gremio realizam treinamento no Barradao, em Salvador, na preparação para a partida contra o Bahia, valida pelo Campeonato Brasileiro 2018. FOTO:
RS - FUTEBOL/TREINO GREMIO - ESPORTES - Jogadores do Gremio realizam treinamento no Barradao, em Salvador, na preparação para a partida contra o Bahia, valida pelo Campeonato Brasileiro 2018. FOTO: - LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

N enhum dos 20 clubes que disputam a Série A do Brasileirão dispõe de onze titulares indiscutíveis, tecnicamente equilibrados. Imagine os reservas. Esse papo de elenco forte, capaz de permitir ao treinador fazer opções escalando equipes diferentes em determinados jogos é história do boitatá. O clube envolvido em três competições elege uma considerando premiação e grau de dificuldade. No momento, para quem está na Copa do Brasil a prioridade é clara. Paga mais ao campeão, quase R$ 68 milhões, e é mais curta. No dia 15, por exemplo, Flamengo e Grêmio se enfrentam em jogo decisivo. Um seguirá na trilha e o perdedor elegerá sua segunda opção, provavelmente a Libertadores. O Campeonato Brasileiro, patinho feio, fica como prêmio de consolação. Dos treinadores envolvidos, apenas Renato Portalupi (foto) abre o livro e deixa claro quais são as suas prioridades. Ganhar as três competições é possível, mas muito pouco provável e todos sabem disso.

Comentários

Mais notícias