• Siga o Meia-Hora nas redes!

Deu bobeira no final

Apesar da ótima atuação de Pedro, artilheiro isolado, Flu deixa Bahia empatar

Mesmo contando com o fim do jejum de três jogos de Pedro, que marcou aos 20 minutos do primeiro tempo e chegou a 10 gols no Campeonato Brasileiro, isolando-se na artilharia, o Fluminense levou um gol de Edigar Junio aos 36 minutos do segundo tempo, não conseguiu voltar a vencer na competição, e perdeu a chance de ficar a um ponto do Palmeiras, que tem 27 e é o primeiro time na zona de classificação à Libertadores. Ontem, no Maracanã, o Flu empatou em 1 a 1 e foi a 24 pontos. No Brasileiro, o Tricolor das Laranjeiras vinha de derrota para o Ceará (1 a 0).

"Tomamos um gol bobo. Eu meio que não prestei atenção na reposição", reconheceu o zagueiro Digão.

Apesar do revés em Fortaleza, o Flu entrou em campo embalado pela vitória sobre o Defensor do Uruguai, por 2 a 0, quinta-feira, também no Maracanã, jogo de ida da segunda fase da Sul-Americana. E contou com noite inspirada de Pedro. O centroavante, recebeu passe de Matheus Alessandro, que fez grande jogada no lado esquerdo, e fez um golaço ao bater colocado. Na briga pela artilharia, o camisa 9 estava empatado com Róger Guedes, que já trocou o Atlético-MG pelo Shandong Luneng, da China. Na temporada, o atacante tricolor de 21 anos já balançou as redes 18 vezes.

O camisa 9 também estava inspirado nos passes. Aos 28 minutos do segundo tempo, ele deu uma bola de chaleira, entre dois marcadores, mas o companheiro não aproveitou e chutou para fora.

O Bahia, porém, deu trabalho a Júlio César. Tanto que o goleiro do Fluminense fez grande defesa num chute de Zé Rafael, da entrada da área, ainda no primeiro tempo. Mas ele não conseguiu evitar o gol de empate na etapa final. Edigar Junio marcou, de cabeça, após cruzamento de Élber.

O fim da partida foi marcado por uma confusão, com os jogadores do Bahia reclamando de falta de fair play do volante Airton. "Eu estava de cabeça quente, jogo empatado, querendo ganhar. Eles estavam segurando o jogo e acabei não devolvendo a bola. Peço desculpas", disse Airton.

Comentários

Mais notícias