• Siga o Meia-Hora nas redes!

Técnico do Flamengo detona a CBF

Barbieri reclama das ausências de Paquetá e Cuéllar contra Corinthians

O técnico Maurício Barbieri demonstrou toda a sua revolta
O técnico Maurício Barbieri demonstrou toda a sua revolta -

A vitória do Flamengo sobre a Chapecoense (2 a 0), na noite de sábado, no Maracanã, aliviou a pressão sobre Maurício Barbieri. Ao virar a chave do Campeonato Brasileiro para a Copa do Brasil, porém, o comandante volta a sentir a alta tensão. Sem garantir se escalará o apoiador Lucas Paquetá e o volante Cuéllar, ambos a serviço das seleções Brasileira e colombiana, respectivamente, o técnico descarregou desabafo contra a CBF, após o jogo de anteontem.

"Um clube tem que fretar um avião para trazer seus jogadores por causa de um calendário mal elaborado. Considero absurdo a CBF marcar jogos decisivos em data de convocação da Seleção", protestou Barbieri, indignado porque a entidade manteve o primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil entre Flamengo e Corinthians, no Maracanã, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília).

Lucas Paquetá e Cuéllar atuarão na terça-feira, nos Estados Unidos, em amistosos pelas suas equipes nacionais.

Ao mesmo tempo, Barbieri celebrou o fato de o triunfo do final de semana ter matido a equipe na briga pelo título nacional. O Mais Querido está na terceira colocação, com 44 pontos. No entanto, os tropeços recentes fizeram outros adversários se aproximarem.

"Vitória importante. Não vínhamos de desempenho ruim, mas de resultados ruins. Ficamos na briga pelo Brasileiro. A gente vinha de três jogos sem vencer no campeonato, mas venceu o Cruzeiro na eliminação da Libertadores. A conversa que nós tivemos era para continuar acreditando", disse.

PUBLICIDADE RETANGULO MÉDIO
    PUBLICIDADE BILLBOARD

    Mais notícias