Mais Lidas

Com novos casos, Palmeiras totaliza 15 jogadores infectados com Covid-19

Clube vai encarar o Ceará com diversos desfalques

Rony é um dos atletas diagnosticados com coronavírus
Rony é um dos atletas diagnosticados com coronavírus -
São Paulo - Nesta terça-feira o Palmeiras informou que já são 17 casos de Covid-19 no clube, sendo 15 jogadores.
O time paulista realizou novos exames e confirmou que Jailson, Vinicius, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio e Marino, além do assistente técnico João Martins, testaram positivo e foram afastados para cumprir quarentena.
O atacante Gabriel Veron e o zagueiro Alan Empereur já haviam informado, via rede social, que na última segunda-feira testaram positivo para o vírus e também cumprem isolamento, assim como Edu Dracena, assessor técnico.
Na última semana, o Palmeiras já havia divulgado quatro casos positivos: Luan, Danilo, Rony e Gabriel Silva. Convocados para as Eliminatórias, Gabriel Menino e Matías Viña foram diagnosticados enquanto estavam servindo suas seleções.
Os jogadores que foram infectados só poderão voltar a frequentar a Academia de Futebol junto ao elenco após testarem negativo nos exames.
Após ser flagrado em uma balada sem usar máscara, Ramires foi afastado do treinamento na última sexta-feira. Porém, o jogador realizou exames e testou negativo para a presença do vírus e foi reintegrado e relacionado para o jogo do último sábado, contra o Fluminense.
O elenco do Palmeiras viaja ainda nesta terça-feira para Fortaleza, onde vai encarar o Ceará, na quarta-feira, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Verdão tem uma larga vantagem após vencer por 3 x 0 o primeiro jogo, podendo, assim, perder por até dois gols de diferença.
A princípio, os novos testes devem ocorrer na quinta-feira, um dia depois do jogo decisivo no Castelão.