Mais Lidas

Chegou pra 'abençoar'

Cícero já está inscrito como jogador do Fogão e deve fazer sua estreia na Taça Rio

O último clube de Cícero foi o Grêmio, pelo qual ganhou a Libertadores
O último clube de Cícero foi o Grêmio, pelo qual ganhou a Libertadores -

Cícero foi confirmado como o novo reforço do Botafogo para a sequência da temporada de 2019. Apesar de o clube ainda não ter feito o anúncio oficial da contratação do jogador, ele já foi inscrito na Federação do Rio, na CBF e na Confederação Sul-Americana de Futebol.

Aos 34 anos, Cícero tem na versatilidade a principal característica. Pode atuar como segundo volante, meia e até mesmo de centroavante, uma das principais carências do atual elenco alvinegro. Com a inscrição na Conmebol, ele já está regularizado para a Copa Sul-Americana. A tendência é que enfrente o Defensa y Justicia, na partida de volta da Sula, dia 20, na Argentina.

Sexto reforço do Botafogo para a temporada, Cícero, que estava sem clube, assinou contrato até dezembro deste ano. A última camisa que vestiu foi a do Grêmio, clube pelo qual foi campeão da Libertadores da América em 2017 e marcou gols importantes. Ele defendeu o Tricolor Gaúcho até o ano passado, só que não houve acordo para a renovação.

Essa será a segunda passagem de Cícero pelo futebol carioca. Após ganhar destaque pelo Figueirense, ele foi contratado pelo Fluminense e ergueu a taça da Copa do Brasil em 2007. Depois, passou por Hertha Berlin e Wolfsburg, da Alemanha, além de São Paulo, Santos e Al-Gharafa, do Catar. No domingo, após a vitória de 3 a 0 sobre o Boavista, o técnico Zé Ricardo fez muitos elogios ao jogador. "É um atleta de muita qualidade, supercampeão, o que é importante para uma equipe que tem muitos jovens."

Comentários