• Siga o Meia-Hora nas redes!

CANTE O SAMBA

Os acordes da lira

No santuário da vida

Do sono profundo à imortalidade

Ó natureza, a cada colheita, fertilidade

Aliança aos filhos de Abraão

Alvorada, oriente em oração

Ó cordeiro de Deus

Reino do céu, Reis dos Judeus

Labaredas de fogo,
Lua cheia, heresia

Entre a cruz e a espada
Sabá, bruxaria

Sangue, sacrifício, crânios no altar

Culto ao sol,
banho de rosas, maracá

Espíritos da floresta, feiticeiros

Corpo e alma em equilíbrio, curandeiros

Negra magia, ogans, mambus

Atabaques, raízes vodus

A saia na gira, cintilante azul

Velas brancas
para o Cruzeiro do Sul

Brasil, mas tolerância

Súplica de esperança

Mensagem de Olorum

Lágrimas de Oxalá nesse chão

Proteção do povo de Aruanda

Lavagem pra festa profana

Moringa, água de cheiro, arruda e guiné

Mães de santo na avenida, Axé

Salve, São Sebastião!
Oxóssi caçador!

Sossego, ritual de amor! Sossego, ritual de amor!

Comentários

Mais notícias