• Siga o Meia-Hora nas redes!

Bope dá confere na Praça Seca

Após mais de uma semana de confrontos ininterruptos, que deixaram pelo menos oito pessoas feridas, entre elas duas crianças, ontem, a Polícia Militar resolveu intervir na guerra entre quadrilhas de milicianos e traficantes que atormenta a vida de moradores e comerciantes da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entraram no início da manhã na Favela Bateau Mouche, onde, ontem de madrugada, um menino de 12 anos foi atingido por bala perdida durante confrontos que se estenderam durante mais de 24 horas.

Segundo relatos de moradores da região, milicianos que haviam sido expulsos por traficantes conseguiram retomar o controle de partes da comunidade, mas os confrontos seguem intensos.

Até o final da noite a PM não havia divulgado balanço da operação.

Comentários

Mais notícias