• Siga o Meia-Hora nas redes!

Cinco feridos em Botafogo

Arma de PM dispara sem querer, e estilhaços ferem quatro inocentes

Arma de PM na ocorrência do assalto disparou acidentalmente
Arma de PM na ocorrência do assalto disparou acidentalmente - Luciano Belford / Agencia O Dia

Tentativa de assalto a uma galeria em Botafogo, na Zona Sul, terminou com cinco pessoas feridas, ontem. Dois criminosos chegaram numa moto, por volta das 10h, e um deles rendeu vigilante do centro comercial, na Rua Professor Álvaro Rodrigues. Outro segurança percebeu a movimentação, reagiu e disparou, atingindo um dos bandidos (um adolescente de 16 anos) com quatro tiros. A PM foi acionada, mas, quando chegou ao local, a carabina de um dos policiais disparou acidentalmente, deixando quatro pessoas feridas por estilhaços.

As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Miguel Couto, no Leblon. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Maria de Lourdes Paula de Moura, 59 anos; Heleno dos Santos, 51; e Francisco Pedro da Silva, 45, foram internados com quadro de saúde estável. Cristiane da Rocha Freitas, 22, não teve o boletim médico divulgado. Um outro homem, que não teve a identidade revelada, deu entrada no Hospital Municipal Rocha Maia, em Botafogo, com ferimentos na perna. Ele contou aos funcionários que havia sido atingido de raspão pelo disparo do PM. O paciente foi atendido e liberado.

O comandante do 2º BPM (Botafogo) determinou a instauração de inquérito para apurar as circunstâncias dos disparos do policial. O suspeito baleado foi hospitalizado e passou por cirurgia. Uma pistola foi apreendida com ele. O comparsa conseguiu fugir.

No local do crime havia pelo menos 12 cápsulas de arma de fogo no chão. "Pensei que fosse um assalto na casa de câmbio da galeria. A violência aumentou muito em Botafogo. Os bandidos estão assaltando os comércios a qualquer hora", lamentou uma moradora do bairro, que não quis se identificar.

Comentários

Mais notícias