• Siga o Meia-Hora nas redes!

Nova estratégia na VK

Ação comunitária leva hoje serviços a moradores da Vila Kennedy

Uma base da UPP na Vila Kennedy é retirada: quatro mudarão de lugar
Uma base da UPP na Vila Kennedy é retirada: quatro mudarão de lugar - Divulgação

O comando da Polícia Militar começou ontem um plano de reposicionamento estratégico da atuação policial na Vila Kennedy, na Zona Oeste. Soldados do Exército e PMs do Batalhão de Choque cercaram os acessos à comunidade no início da manhã para a remoção de quatro bases da UPP, que estavam instaladas em dois pontos. As bases serão reinstaladas em outros pontos estratégicos da comunidade.

Participam da ação agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local, da Unidade de Engenharia, Demolição e Transporte (UEDT) do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Hoje, das 8h às 16h, haverá uma ação comunitária para os moradores da Vila Kennedy. Serão oferecidos serviços como emissão de documentos, regularização do serviço militar, orientação, assistência a mulheres e idosos, assistência médica e odontológica, vacinação, além de atividades de recreação. Segundo o Comando Conjunto, em coordenação com a Secretaria de Estado de Segurança, o objetivo da ação comunitária é promover a inclusão social e a cidadania dos moradores e faz parte das medidas da intervenção federal na segurança pública.

A ação comunitária na Vila Kennedy acontece uma semana após a derrubada de quiosques na Praça Miami pela Secretaria de Ordem Pública (Seop), em operação considerada exagerada até pelo prefeito Marcelo Crivella. A operação causou comoção e polêmica, pois os comerciantes alegam que não foram avisados com antecedência e tentavam legalizar a situação dos quiosques, sem sucesso. A Prefeitura apresentou um plano de reparação para os comerciantes que tiveram os quiosques derrubados, além de uma linha de crédito especial para eles.

Comentários

Mais notícias