• Siga o Meia-Hora nas redes!

Operação foca nas rodovias

Soldados e PMs montam barreiras na BR-040, RJ-104 e Avenida Brasil

Uma das barreiras montadas ontem para controle e fiscalização
Uma das barreiras montadas ontem para controle e fiscalização - Reprodução / TV Globo

Uma operação das forças de Segurança Pública mobilizou ontem 1.400 militares, do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, e 110 policiais militares em rodovias que cortam a Região Metropolitana do Rio. Postos de bloqueio foram montados para controle e fiscalização nas rodovias Washington Luiz (BR-040) e Amaral Peixoto (RJ-104), e em acessos à Avenida Brasil, com apoio de veículos blindados.

Nenhum balanço da operação foi divulgado pelo Comando Conjunto da Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio, que também manteve ações de patrulhamento na Vila Kennedy, na Zona Oeste.

Em Brasília, o presidente Michel Temer (MDB) disse que "o banditismo reage" à intervenção, acrescentando que ela está dando "conforto e segurança" para os moradores das comunidades. E, numa referência à verba de R$ 3,1 bilhões solicitada pelo interventor, general Walter Souza Braga Netto, e ao anúncio do governo federal de que destinará R$ 1 bilhão para a segurança do Rio, Temer negou que houvesse divergências de números, já que parte da verba diz respeito a obrigações do governo estadual, principalmente de pagamento de salários atrasados e de dívidas com fornecedores.

Também ontem, uma comissão do Gabinete de Intervenção Federal inspecionou o Batalhão de Operações Especiais (Bope), em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. Durante a inspeção, o comandante da unidade, tenente-coronel Alex Benevenuto apresentou algumas demandas, incluindo a manutenção de veículos blindados, caminhões e retroescavadeiras.

Comentários

Mais notícias