• Siga o Meia-Hora nas redes!

Chuva forte no Rio

Foram registrados alagamentos em vários bairros

Esquina da Praça Mauro Duarte com Rua São Manoel, em Botafogo, ficou alagada na chuvarada de ontem
Esquina da Praça Mauro Duarte com Rua São Manoel, em Botafogo, ficou alagada na chuvarada de ontem - Severino Silva

A cidade do Rio entrou em estágio de atenção ontem por causa das fortes chuvas, que causaram alagamentos em vários bairros. A Avenida Niemeyer, em São Conrado, na Zona Sul, chegou a ser interditada no início da tarde, nos dois sentidos, devido a um deslizamento de terra provocado por uma forte queda d'água. Para hoje, a previsão é de tempo nublado, com pancadas de chuva ao longo do dia.

No Vidigal, choveu ontem o previsto para todo o mês de março, um acumulado total de 102%. Quatro sirenes emitiram alerta para os moradores. Perto dali, na Rocinha, sete sirenes foram acionadas por conta do acúmulo de chuva. Os equipamentos das duas comunidades foram desligados somente de noite. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, em 24 horas, foram 150 milímetros de chuva na região da Rocinha.

Ainda na Zona Sul, vias de Botafogo, como a Rua Voluntários da Pátria, e Copacabana, como a Rua Siqueira Campos, ficaram debaixo d'água ou com bolsões, o que causou engarrafamentos, principalmente pela manhã. Ao longo do dia, cerca de 16 pontos de alagamento foram identificados e escoados pela prefeitura nas zonas Sul e Oeste.

O estágio de atenção é o segundo numa escala de três. É acionado pelo Centro de Operações Rio quando um ou mais incidentes prejudicam o deslocamento da população. Acima dele, está o estágio de crise, quando há grave ocorrência em diferentes regiões da cidade.

Na Baixada Fluminense, as fortes chuvas também causaram transtornos, principalmente em bairros de Nova Iguaçu e Caxias.

Comentários

Mais notícias