• Siga o Meia-Hora nas redes!

Morre Agildo Ribeiro

Humorista, de 86 anos, sofria de problemas cardíacos. Ele faleceu em casa, no Leblon

O humorista Agildo Ribeiro faleceu, ontem, aos 86 anos, em casa
O humorista Agildo Ribeiro faleceu, ontem, aos 86 anos, em casa - Divulgação

O humorista Agildo Ribeiro morreu ontem de manhã, em sua casa no Leblon, na Zona Sul do Rio. Ele tinha completado 86 anos na última quinta-feira. A causa da morte não foi divulgada, mas ele sofria de problemas cardíacos. De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, ele seria operado nesta semana, por causa de um grave problema vascular.

Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho nasceu em 26 de abril de 1932, no Rio. Era filho do militar comunista Agildo da Gama Barata Ribeiro, que participou de movimentos como a Revolução Constitucionalista e a Intentona Comunista. Ele iniciou sua carreira no rádio, na década de 1950, mesma época da sua estreia em teatro. Protagonizou vários programas na TV e popularizou bordões como "múmia paralítica", "dá uma subidinha" e "coisa horrorosa", além de personagens como o professor Aquiles Arquelau e o motoboy Andorinha. Em outro papel marcante, na década de 1960, ficou famoso ao contracenar com o ratinho Topo Gigio.

O artista participou também de mais de 30 filmes no cinema. E fez uma novela, 'De Quina Pra Lua', em 1985, na Rede Globo. Agildo foi casado cinco vezes. Entre as ex-esposas, estão as atrizes Marília Pera e Consuelo Leandro. Seu último casamento foi com a atriz e bailarina Didi Barata Ribeiro, falecida em 2009. Ele deixa um filho, Marcelo Galvão, que só descobriu em 2012.

Agildo estava afastado da TV há dois anos, após mudanças no humorístico 'Zorra'. Em março, ele disse ao jornal O DIA que o retorno era cobrado pelos fãs: "Eu sempre falo: liga lá pra Globo e pergunta quando eu volto, fala com eles. Eu mesmo não sei."

Galeria de Fotos

O humorista Agildo Ribeiro faleceu, ontem, aos 86 anos, em casa Divulgação
Igor Rickli DIVULGAÇÃO
O meia alvinegro Renatinho tenta superar a marcação do lateral-direito gremista Madson, ex-Vasco Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Todos estão sob pressão na equipe do Flamengo: jogadores e o técnico interino Mauricio Barbieri Gilvan de Souza / Flamengo

Comentários

Mais notícias