• Siga o Meia-Hora nas redes!

Dois mortos em Itaguaí

Guerra entre tráfico e milícia mata diretor de cooperativa e motorista

Duas pessoas foram mortas em mais um dia de uma guerra entre traficantes e milicianos, que aterroriza a população de Itaguaí, na Baixada Fluminense. Wallace Matias Xavier e Renato do Rosário Braz foram mortos a tiros de fuzil por homens que estavam em uma picape preta, em um dos pontos de transporte alternativo no município, ontem.

Segundo a polícia, Wallace seria diretor de uma das cooperativas, a Cooperita. Já Renato seria motorista de um dos veículos. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) assumiu as investigações.

O ataque, na Rua Dr. Curvelo Cavalcante, no Centro, aconteceu um dia após pelo menos cinco veículos que faziam transporte alternativo serem incendiados. Na mesma tarde de quinta-feira, um suspeito foi morto na comunidade Parque Primavera. Ontem de manhã, motoristas fizeram uma carreata até a prefeitura, em protesto contra a violência.

Segundo investigações, o episódio é mais um capítulo na disputa entre traficantes e milicianos na região. Os traficantes estariam exigindo dinheiro de milicianos que controlam o transporte alternativo na cidade.

Pelas redes sociais, mensagens de áudio, supostamente postadas por homens que controlam o transporte alternativo na cidade, orientava os motoristas a não circular, em retaliação aos ataques. Procurada, a Prefeitura Municipal de Itaguaí ainda não se manifestou sobre o assunto.

Segundo a PM, os militares também estão atuando preventivamente na região do Morro do Carvão, em Itaguaí. Até o final da noite, não houve relatos de novos confrontos na cidade.

Comentários

Mais notícias