• Siga o Meia-Hora nas redes!

Muita diversão e cultura

Atrações para todas as idades no Museu Aeroespacial do Rio

Aeronaves antigas da Força Aérea Brasileira ficam expostas no museu localizado no Campo dos Afonsos
Aeronaves antigas da Força Aérea Brasileira ficam expostas no museu localizado no Campo dos Afonsos - DIVULGAÇÃO

O fim de semana será recheado de atrações no Museu Aeroespacial do Rio (MUSAL), no Campo dos Afonsos, na Zona Oeste do Rio, que tem uma área de mais de 16 mil m² com mostras permanentes. Exposição de carros antigos, acrobacias da esquadrilha CEU (hoje, às 10h30) e apresentação da Banda Sinfônica da Guarda Municipal (amanhã, às 10h30) estão entre os principais destaques da programação, que comemora a Semana Nacional de Museus. As entradas serão gratuitas, mas a organização do evento pede a doação de alimentos não perecíveis, que irão para o Instituto Casa Viva.

A expectativa é de que pelo menos 30 mil pessoas aproveitem os dois dias de atrações, que começam às 8h. Hoje, a banda Kenzzy se apresentará às 14h30, no encerramento das atividades do dia. Amanhã será a vez do grupo Pique Novo. Antes, pela manhã (no domingo), as crianças poderão participar da corrida Federal Kids, promovida pela Polícia Federal com o objetivo de estimular o combate à pedofilia.

Segundo Ivan Soares, organizador do evento, o Museu Aeroespacial pretende apresentar mais quatro exposições especiais ainda esse ano. "O museu tem uma história maravilhosa e, apesar de ser mantido pela Força Aérea, não traz apenas a história militar e sim um panorama completo da aviação brasileira. Tenho certeza que quem vier vai se surpreender", garantiu Ivan. "Trabalho aqui há 40 anos, e conheço oficiais que decidiram seguir carreira depois de visitarem o museu quando crianças", completou.

A Semana Nacional de Museus é organizada pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) sempre no mês de maio. Nesta edição, uma das novidades é que o público poderá interagir com as instituições que participam do evento através da hashtag #semanamuseus2018.

Comentários

Mais notícias