• Siga o Meia-Hora nas redes!

Baixa procura pela vacina

Faltando 12 dias para terminar, campanha atingiu só 30% da meta

Abel: 'Tem que ter inteligência'
Abel: 'Tem que ter inteligência' - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

A 12 dias do fim, a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza atingiu apenas 30% da meta para o estado. Foram vacinadas 1,35 milhão de pessoas das 4,5 milhões estimadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Segundo o médico da Subsecretaria de Vigilância em Saúde da SES, Alexandre Chieppe, a baixa procura ocorre porque muitas pessoas subestimam o perigo da doença. "Ainda há uma percepção geral de que a gripe é uma doença sem grandes complicações. Apesar de ser tratada como uma doença benigna, há registro de óbitos todo ano", afirma.

Até o dia 7, foram confirmadas 24 mortes dos 263 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) notificados nos postos fluminenses este ano, sendo 15% dos óbitos ocasionados pelo vírus H3N2 variação do Influenza que está em alta circulação no estado até o momento. "A cada ano, um tipo de vírus surge com maior ou menor frequência, por isso é importante que os grupos em condição de vulnerabilidade se vacinem anualmente. Há um estudo elaborado para fazer a vacina de cada período", explica Chieppe.

Para o infectologista Edimilson Migowski, a proximidade das campanhas contra gripe e febre amarela pode ter causado confusão. "Não houve um período longo de interrupção entre as campanhas como é indicado. O imaginário da população pode estar confuso devido às restrições informadas na divulgação da vacina contra a febre amarela", diz.

Outro problema é a chegada do inverno, no mês que vem. A estação mais fria do ano é responsável pela multiplicação da gripe, pois as pessoas tendem a ficar mais em locais fechados.

Comentários

Mais notícias