• Siga o Meia-Hora nas redes!

Ladrões de cargas voltam a atacar

Tentaram levar cigarros na Ilha e comida na Baixada

Remy vai ser morto. Identidade do assassino será um mistério
Remy vai ser morto. Identidade do assassino será um mistério - Reprodução de vídeo

Depois de sete dias sem registro de roubos de cargas, desde o início da greve dos caminhoneiros, bandidos voltaram a atacar ontem. De manhã, um bando foi surpreendido após roubar uma carga de cigarros, na Ilha do Governador, na Zona Norte, e houve confronto com policiais. No início da tarde, outro ataque, desta vez na Baixada Fluminense. Nos dois casos, as cargas foram recuperadas.

Segundo a PM, policiais do 17º BPM (Ilha do Governador) desconfiaram de carro que estava sendo escoltado por outro veículo, na Estrada do Cacuia. Ao se aproximarem, os policiais foram atacados a tiros pelos bandidos. Houve confronto, e motoristas que passavam pelo local ficaram em pânico. Um dos bandidos, que não teve o nome divulgado, foi baleado. Os outros conseguiram fugir. A carga foi recuperada e uma pistola, apreendida. O assaltante ferido foi levado para o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho e internado ficou sob custódia.

O outro ataque aconteceu na Baixada Fluminense. Policiais do 39º BPM (Belford Roxo) foram acionados para um roubo de carga de alimentos congelados, na Avenida Doutor Carvalhães, no Centro de Belford Roxo. Um cerco foi montado por várias equipes policiais, mas os bandidos conseguiram escapar. O motorista e o ajudante, que eram mantidos reféns, foram libertados sem ferimentos.

Galeria de Fotos

Remy vai ser morto. Identidade do assassino será um mistério Reprodução de vídeo
Joel Carli cumpriu suspensão no domingo e voltará ao time amanhã Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Comentários

Mais notícias