• Siga o Meia-Hora nas redes!

Comunidade foi usada como modelo pela intervenção federal

Usada como modelo, a Vila Kennedy foi ocupada pelas Forças Armadas no início da intervenção federal na segurança pública do estado. As Forças Armadas entraram na comunidade nas chamadas operações de estabilização do território e permaneceram no local por quase dois meses. As tropas federais deixaram a Vila Kennedy no mês passado, quando o patrulhamento voltou a ser comandado pela Polícia Militar.

Além disso, em abril, a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local foi extinta como uma das medidas da intervenção federal no Rio, junto com outras 11 UPPs.

Sobre o patrulhamento na região, a PM informou, em nota, que a comunidade faz parte da área de atuação do 14º BPM (Bangu). "O efetivo da UPP local continua trabalhando integrado ao batalhão, e o esquema de patrulhamento segue critérios baseados na análise da mancha criminal da região e em informações do setor de inteligência da unidade."

Comentários

Mais notícias