• Siga o Meia-Hora nas redes!

Paralisação contou com quase 50% de adesão

Dos 23 mil motoristas e cobradores, cerca de 11 mil de todos os consórcios não trabalharam ontem, segundo o Sintraturb. O órgão informou que cinco empresas que atendem as zonas Norte, Sul e Oeste pararam totalmente: Transportes Paranapuan, Três Amigos, Real Auto Ônibus, Viação Ideal e Transportes Barra. Um dos bairros mais afetados foi a Ilha do Governador, onde circulam 11 linhas da Paranapuan. Vans chegaram a cobrar R$ 8 e recusaram o Bilhete Único. A vendedora Maria Antonieta Santos, 50 anos, pega duas conduções para chegar ao trabalho, na Gávea, onde entra às 11h. Ela chegou às 6h ao ponto para não atrasar, mas às 8h ainda esperava pelo ônibus. "Vou voltar para casa", disse. A secretária Alice Fernandes, 55, trabalha na Fiocuz e, às 7h40, já esperava há quase uma hora no ponto, lotado. "Acho difícil eu chegar ao trabalho hoje. Já avisei ao meu chefe que estou há uma hora aqui , contou.

Comentários

Mais notícias