• Siga o Meia-Hora nas redes!

Confronto deixa rastro de sangue e medo na Maré

Estudante de 14 anos é atingido no abdômen por bala perdida a caminho da escola

A Polícia também fez operação no Pavão-Pavãozinho, ontem, em Copacabana, na Zona Sul do Rio
A Polícia também fez operação no Pavão-Pavãozinho, ontem, em Copacabana, na Zona Sul do Rio - Severino Silva

Seis suspeitos morreram e um adolescente de 14 anos foi baleado no abdômen, ontem de manhã, no Complexo da Maré, durante operação da Polícia Militar, com apoio do Exército e da Força Nacional. Em outra operação, no Morro Pavão-Pavãozinho, na Zona Sul, um suspeito foi morto e outros três ficaram feridos.

O estudante Marcos Vinicius da Silva, que ia para a escola quando foi atingido, precisou passar por cirurgia e teve o baço retirado. Segundo a polícia, os suspeitos foram mortos em confronto com agentes.

O estado de saúde de Marcos é grave e ele deve passar por nova cirurgia amanhã, no Hospital Estadual Getúlio Vargas, onde está internado. Segundo Fátima Barros, coordenadora da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) do município, os pais do menino contaram que ele acordou atrasado e foi atingido por um disparo a caminho do colégio.

Segundo a ONG Redes da Maré, outra criança foi atingida por estilhaços no Ciep Operário Vicente Mariano e um mototaxista teria sido ferido por bala perdida na perna. Ambos teriam sido levados para a UPA da Vila do João. A Secretaria Municipal de Educação, no entanto, informou que "nenhum aluno foi baleado dentro das dependências do Ciep Operário Vicente Mariano ou de qualquer outra unidade localizada no Complexo da Maré". A Polícia Civil e a Secretaria de Saúde também não confirmaram haver outros feridos na operação.

Comentários

Mais notícias