• Siga o Meia-Hora nas redes!

Presa a 'Viúva da Mega-Sena'

Foi condenada a 20 anos de cadeia

Protesto contra o fim do Centro Presente
Protesto contra o fim do Centro Presente - Divulgação

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) prenderam, no fim da tarde de ontem, a ex-cabeleireira Adriana Ferreira Almeida Nascimento, viúva de Renné Senna, o ex-lavrador que ganhou 52 milhões na Mega-Sena em 2007.

Adriana Almeida estava foragida da Justiça desde o dia 6 de maio, quando teve a prisão pedida depois de ter recurso negado após ser condenada em segunda instância.

Renné Senna foi executado a tiros, em 7 de janeiro de 2007, em Rio Bonito, na Região Metropolitana do Rio, onde tinha uma fazenda e morava com Adriana. Seis pessoas foram acusadas do crime, entre elas a viúva da vítima. Adriana Almeida teria ordenado a morte do marido após ele ter dito que ia excluí-la do testamento, pois sabia que estava sendo traído.

A 'Viúva da Mega-Sena', como ficou conhecida Adriana, foi capturada pela Desarme, no bairro Bandeirante, em uma residência que era utilizada como esconderijo, no município de Tanguá, vizinho a Rio Bonito, onde aconteceu o crime.

Comentários

Mais notícias