• Siga o Meia-Hora nas redes!

Protesto marca votação

Vereadores aprovam desconto de 11%

Confronto entre policiais militares e manifestantes na entrada da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, na Cinelândia, marcou ontem o início da sessão de votação, em segundo turno, do Projeto de Lei encaminhado pela prefeitura, que institui a contribuição previdenciária para aposentados e pensionistas do Município. O tumulto começou porque os servidores foram impedidos de entrar para acompanhar a votação.

A Secretaria de Saúde não confirmou que feridos no incidente tenham sido atendidos em hospitais. Manifestantes reclamaram de truculência dos policiais que usaram spray de pimenta e bombas de gás contra os servidores. A PM alegou que foi necessário o uso de armamento não letal para conter os manifestantes, mas não informou sobre feridos.

Por 28 votos a 20, os vereadores aprovaram desconto de 11% para a Previdência no salário de aposentados e pensionistas, que até então eram isentos.

Comentários

Mais notícias