• Siga o Meia-Hora nas redes!

Bando trazia pistolas escondidas em TVs

Organização criminosa é desbaratada. Onze dos 14 alvos da Justiça são presos

Com Neizinho foram apreendidos drogas, pistola Gloock calibre .40, peças de arma de fogo e colete balístico
Com Neizinho foram apreendidos drogas, pistola Gloock calibre .40, peças de arma de fogo e colete balístico - Maíra Coelho

Policiais civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) realizaram, na manhã de ontem, operação com o objetivo de desarticular organização criminosa composta por 14 bandidos, responsáveis por traficar do Paraná para o Rio de Janeiro pistolas de uso restrito escondidas no interior de aparelhos de televisão. Um homem e uma mulher, considerados chefes da quadrilha, foram alguns dos 11 presos. Mandados também foram cumpridos contra bandidos em presídios.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Resende e cumpridos nas cidades de Belford Roxo, Búzios e Rio de Janeiro. Ainda há três foragidos.

Começou em março

A investigação é decorrente de diversas ações da Desarme com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), atuando em conjunto na repressão ao tráfico de armas e munições no Rio de Janeiro, bem como da troca de informações de inteligência com a Polícia Federal de Foz do Iguaçu e com o Núcleo de Inteligência da PRF do Rio.

"Esse trabalho teve início com uma apreensão da PRF, em março, no Paraná. A partir de trocas de informações de inteligência, com as duas polícias, começamos essa apuração", lembra o delegado Fabrício Oliveira, titular da Desarme.

Comentários

Mais notícias