• Siga o Meia-Hora nas redes!

Agentes são presos

Três agentes penitenciários foram presos, dois por mandados de prisão e um em flagrante, na operação. Adalberto Braz Corrêa, seria o braço direito de Wellington da Silva Braga, o Ecko, e comandava a extorsão a comerciantes nas áreas dominadas pela milícia. Um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) foi aberto pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e os três agentes poderão ser expulsos.

Comentários

Mais notícias