• Siga o Meia-Hora nas redes!

'Churras' do mal melou!

PM apreende carga de carnes avaliada em R$ 450 mil, na favela da Kelson's, na Penha

Parte da carga havia sido descarregada e seria distribuída a ambulantes
Parte da carga havia sido descarregada e seria distribuída a ambulantes - Divulgação

Na torcida pelo Hexa da Copa do Mundo da Rússia, nem todo mundo vai se reunir hoje para ver o jogo pela TV, contra a Bélgica, fazendo um churrasco e curtindo a festa. Os bandidos que roubaram ontem uma carga de carnes pensavam que iriam realizar um evento 'regado'. Mas a Polícia Militar atrapalhou os planos dos traficantes ao recuperar a carga, avaliada em R$ 450 mil na favela da Kelson's, na Penha, Zona Norte do Rio.

O motorista do caminhão roubado foi liberado ileso após ter sido mantido como refém pelos bandidos. Ainda segundo a PM, assim que as equipes do 16º BPM (Olaria) chegaram ao local, criminosos atiraram contra os militares e houve confronto. Na ação, os agentes conseguiram resgatar o motorista e parte da carga da Friboi o restante, segundo a polícia, já havia sido distribuído a ambulantes. Os suspeitos fugiram.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Roubos e Furtos de Carga (DRFC). A Kelson's é uma das favelas que funcionam como 'entreposto' de cargas roubadas. Nos últimos meses a PM realizou algumas apreensões na comunidade.

Em abril, um caminhoneiro e sua esposa foram sequestrados durante o roubo de uma grande carga de uísque e levados para a comunidade por homens fortemente armados. Na ocasião, o casal ficou refém dos bandidos por quase três horas, mas foi resgatado e parte da carga recuperada.

Na semana passada, um PM foi resgatado após ficar em poder de criminosos. O sargento Márcio Davi da Costa seguia de carro para o mercado São Sebastião, na mesma região, quando entrou por engano na comunidade após receber orientações do GPS. Após o resgate, agentes do 16º BPM (Olaria) realizaram uma ação e recuperaram a arma e o carro do sargento. Em represália, os bandidos saquearam dois caminhões e em seguida atearam fogo aos veículos.

Comentários

Mais notícias