• Siga o Meia-Hora nas redes!

PMs baleados em ação

Confrontos com bandidos na Zona Norte deixam três feridos

Durante o tiroteio, muita gente buscou abrigo na estação do metrô
Durante o tiroteio, muita gente buscou abrigo na estação do metrô - foto enviada para o zap zap do meia hora

Três policiais militares foram baleados em confronto com bandidos, na Zona Norte do Rio, ontem. A primeira vítima foi um PM da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Turano, no Rio Comprido, durante operação de repressão ao tráfico de drogas, no início da manhã. O policial foi atingido na perna e levado para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio.

O confronto assustou moradores da região. Na ação foi preso Marcos Vinícius Vicente, acusado de ser gerente do tráfico no Turano. Com ele foram apreendidos um fuzil calibre 556 e drogas.

À tarde, dois policiais ficaram feridos em confronto com traficantes da comunidade Bandeira 2, em Del Castilho. De acordo com informações do 3º BPM (Méier), uma guarnição da unidade trafegava no retorno do viaduto de Del Castilho quando criminosos armados atiraram contra os policiais.

Os PMs que ficaram feridos foram levados para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. Ainda de acordo com a polícia, os PMs não correm risco de morte.

O tiroteio provocou a suspensão do tráfego de trens do ramal Belford Roxo por cerca de meia hora. Durante o tiroteio, muitas pessoas buscaram abrigo na estação do metrô. Segundo o MetrôRio, o tiroteio não afetou a circulação dos trens do sistema. Até o final da tarde não havia informações de mais feridos ou presos.

Policial civil morre

Morreu ontem o policial civil Marcus Fonseca, de 45 anos, atingido por seis tiros em tentativa de assalto, na Rua Ferreira Pontes, no Andaraí, no dia 27. Ele estava internado no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Federal do Andaraí.

Marcus estava a caminho da 20ªDP (Vila Isabel) com a mulher e foi atacado no sinal de trânsito da esquina com a Rua Uberaba, por bandidos que faziam um arrastão.

Comentários

Mais notícias