• Siga o Meia-Hora nas redes!

Papéis bem definidos

De acordo com o delegado Daniel Rosa, titular da DHBF, a quadrilha tinha papéis definidos. Enquanto alguns criminosos aliciavam as vítimas através do site, outros sequestravam. Parte do bando pegava os cartões da vítimas e fazia compra de produtos, revendidos por uma outra célula criminosa. Havia também um grupo responsável pelo desmonte de veículos roubados e a revenda das peças. Buscas também foram feitas no Mercado Popular da Uruguaiana, no Centro, onde os criminosos tinham receptadores que compravam peças de veículos, pertences e produtos comprados com cartões das vítimas.

Comentários

Mais notícias