• Siga o Meia-Hora nas redes!

Quase 200 réus

Acusados de invadir sindicato serão julgados

Menina foi resgatada por policiais em Caxias e levada para hospital
Menina foi resgatada por policiais em Caxias e levada para hospital - divulgação/polícia civil

Haja banco para tantos réus. Por determinação do desembargador José Muiños Piñeiro Filho, da 6ª Câmara Criminal, o Tribunal de Justiça do Rio levará a julgamento, em breve, 196 pessoas acusadas de invadir, depredar e roubar a sede do Sindicato dos Comerciários do Rio, na Lapa, em 2015. O número de indiciados impressiona. Supera os 74 denunciados no Massacre do Carandiru, em 1992, e os 155 envolvidos no Massacre do Eldorado dos Carajás, em 1996. Ultrapassa também o total de suspeitos presos em uma festa da milícia na Zona Oeste, em abril: 149.

O ataque ao Sindicato dos Comerciários chamou a atenção pela quantidade de pessoas presas em flagrante: 202. Além dos 196 adultos, havia seis menores no grupo. "É difícil que tantos réus tenham sido assistidos por um mesmo advogado, como é o caso desse processo", disse o defensor de todos os acusados, José Guilherme Costa de Almeida.

Segundo a denúncia do Ministério Público, todos os indiciados vieram de São Paulo com objetivo criminoso de "depredar e subtrair os pertences da sede do sindicato". Eles chegaram em quatro ônibus. Tinham em seu poder dois socos-ingleses, um deles dotado de lâmina, simulacro de pistola, faca e canivete. A polícia apreendeu também drogas, fogos de artifício e fumaças sinalizadoras.

Os acusados foram denunciados por dano triplamente qualificado, roubo triplamente majorado, corrupção de menores e quadrilha armada. A quantidade de presos foi tamanha que eles foram ouvidos num auditório, já que, na 5ª DP (Centro), onde o caso foi registrado, não cabia tanta gente. Alguns réus chegaram a confirmar que tinham sido contratados pela União Geral de Trabalhadores (UGT). Teriam recebido R$ 100 cada.

O TJ ainda não marcou a data do julgamento, mas o mestre em Direito Público Sérgio Camargo acredita que o juiz vá desmembrar o processo.

Galeria de Fotos

Os presos pela invasão ao Sindicato dos Comerciários do Rio, na Lapa, em 2015, foram levados pra 5ª DP O DIA
Menina foi resgatada por policiais em Caxias e levada para hospital divulgação/polícia civil

Comentários

Mais notícias