• Siga o Meia-Hora nas redes!

Pai critica registro

A versão de que a morte de Luiz Carlos teria sido resultado de um atropelamento desagradou os parentes. De acordo com os familiares do jovem, a mochila e o óculos dele não foram encontrados até agora. Mesmo assim, o caso foi registrado como atropelamento na 52ª DP (Nova Iguaçu).

O pai do adolescente criticou o registro da polícia. "Como pode ser atropelamento? O meu filho iria escutar a buzina do trem. Eu tenho certeza que não foi atropelamento. Existem câmeras de segurança perto do local. É só a polícia ir atrás que ela vai identificar quem fez essa covardia com o meu filho", completou.

Comentários

Mais notícias