• Siga o Meia-Hora nas redes!

Liberada para menores de 14

Exposição 'Queermuseu' libera visita após decisão da Justiça do Rio

A exposição recebeu grande público no fim de semana de abertura
A exposição recebeu grande público no fim de semana de abertura - Maíra Coelho

A Justiça do Rio reverteu a decisão provisória que proibia menores de 14 anos de entrarem na mostra 'Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira', aberta ao público no último sábado, na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage. A exposição contém "obras de arte com representações de nudez, sexo e simbologia religiosa".

No plantão do fim de semana passado, o juiz Pedro Henrique Alves, da 1º Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, proibiu, através de liminar, a entrada de menores de 14 anos. No entanto, no mesmo dia, os advogados da EAV Parque Lage entraram com uma ação para derrubar a decisão. Ontem, o desembargador Fernando Foch revogou a decisão do juiz Pedro Henrique.

De acordo com a EAV, a instituição seguirá a recomendação de classificação indicativa do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), com afixação de informações na entrada das cavalariças.

O primeiro fim de semana da exposição foi marcado por filas e protestos. A reabertura da exibição, que vai até 16 de setembro, foi viabilizada por meio de campanha de financiamento coletivo.

Comentários

Mais notícias